A mesma melodia

. on We Heart It.

Devem ter arranhado o disco nesse lugar, pois há um barulho estranho. E há algo que deixa o coração apertado: é que a melodia absolutamente não é afetada por essa tossezinha de agulha sobre o disco. Ela está tão longe - tão lá atrás. Também isso eu compreendo: o disco se arranha e se gasta, a cantora talvez esteja morta; eu vou embora, vou tomar meu trem. Mas por trás do ente que cai de um presente para o outro, sem passado, sem futuro, por trás desses sons que dia a dia se decompõem, se lascam e deslizam para a morte, a melodia permanece a mesma, jovem e firme, como uma testemunha implacável.

Jean-Paul Sartre
Tecnologia do Blogger.