Meu intrigante ciumento namorado


Não me venham, por favor, com suspiros ou gemidos apaixonados. Isso é sobre o egoísmo residente no coração de muitos. Estou pensando agora nos muitos namorados desse extenso planeta, nos vários que tomam por propriedade as moças apaixonadas cegas pela sua paixão que se deixa levar pelo ciúmes, carências e sentimento de propriedade.

Eu não acusarei nem julgarei os meninos, e deixem comigo que as moças também são culpadas de muito. Elas também nos vem com isso e acreditem está feio! Quer ver um exemplo? A mãe manda a filha fazer algo para ela e ela com bico diz não, o namorado dessa a stalkeia o Facebook e vê um comentário gentil de um amigo, agora a moça tem que excluir sua conta por causa do ciúmes não saudável da infantilidade, do egoísmo.

É difícil falar sobre isso por que parece coisa de outro mundo e quando me deparo com isso nasce uma indignação. Vamos abrir nossas Bíblias e ler em 1 Coríntios 13 o versículo que diz que amor não suspeita mal, não é egoísta e não busca seus próprios interesses. Você moça e você moço precisam antes aprender que não é propriedade de alguém que entrou em sua vida há cinco minutos. Precisa saber que amor é olhar suas prioridades com o do outro para formarem um bom caminho. Amor não é essa coisa devastadora que te oprime, te afasta de todos ou te leva como bem entender. Amor cuida, cuida bem, por que breve vem e é pra sentir bem.

A Bíblia nos orienta a amar o próximo como a nós mesmos, ame-se primeiro. Cresça primeiro. Amor verdadeiro é luta, não confunda isso com egoísmo, não seja infantil cuide bem de você primeiro e não aceite qualquer coisa. Aceite o que te faz ficar mais que bem.
Tecnologia do Blogger.