Na vida...


Às vezes me pergunto se estou apoiando suficiente. Em teoria, eu tenho certeza que você sabe o quão grande de um impacto que você faz em milhões de vidas.

Este mundo cheio de pressões, esta vida nunca foi concebido para ser tomada casualmente. Cada respiração é uma bênção e cada minuto é uma oportunidade e infinito em possibilidades. No mesmo fôlego, eu também não acredito que a vida foi feita para ser levado muito a sério, a luta já está ganha. Não há necessidade de discordâncias mesquinhas e inúteis dedo apontando, estamos todos juntos nessa.

Então onde é que o equilíbrio mente? O que temos, os fardos que carregamos, não são simplesmente as tarefas na mão, mas as responsabilidades que carregamos e da compreensão de um propósito maior do que nós mesmos. Uma vez que se experimenta o cumprimento, a liberdade e a alegria que está disponível, tudo muda. Tudo.

Ninguém é perfeito. Você não é perfeito, eu não sou. Há liberdade em reconhecer e admitir isso. Nossas falhas são tão próximos de nós como nossos chamados sucessos e vitórias. Mas a batalha já foi ganha.

Se não fosse sobre nós no início, ele definitivamente não é sobre nós no final. Eu amo a idéia de insignificância. Seu inspirador e quase limítrofe deprimente. Do pó viemos e ao pó sobre nós retornaremos. Será que estamos realmente insignificante? Depende de como você vive, em que você vive.

Seu tempo sobre nós decidimos unir. Há mais divisão do que solidariedade e mais guerra do que harmonia. Então, para aqueles que fizeram sua prioridade para ser uma mudança positiva no mundo- Eu vos saúdo. Para aqueles que decidiram viver para encorajamento eu fico com você. Eu só posso esperar que suas vidas vão inspirar o mundo, tanto quanto sua me inspirou.

Esther - MissWhoo
Tecnologia do Blogger.