Os muçulmanos (e radicais) causam distrações, mas correm para o objetivo final que é amordaçar a todos e mandar estes ao inferno! (solução)

Passei horas e horas do meu dia estudando um pouco sobre o Islamismo, até porque eu não sabia muito sobre o assunto. Enquanto eu pensava que estava fazendo isso para poder apenas usar no futuro, percebi que clareou a minha mente de uma forma necessária! Um dos meus professores chamado Bill Warner me ajudou  muito e não foi só ele, mas ele disse algo interessante: "Não foram os muçulmanos que criaram o Islamismo, mas foi o Islamismo que criou os muçulmanos". Agora vamos ao que interessa:

Se lê o Alcorão e entende que quem acredita e o segue a risca sabe-se que ou as outras pessoas o aceitam, ou morrem. Não tem outro caminho, assim como as mulheres podem ser usadas como escravas sexuais, a pedofilia é aceita, a mulher é como uma cadela e sua palavra vale a metade da palavra de dois homens, e a punição e morte é aceitável aos outros. Além de pelo menos a metade ou até mais de quem segue o islã no mundo (1,6 bilhões de pessoas) aprova tudo isso (Research Pew).

Eles rejeitam muitas coisas claras na história humana como a biologia, o uso do cérebro (pois parecem um bando de zumbis que decidem apenas seguir um tanto de coisas), adorando um homem que se autointitulou um profeto. Esse que dizimava muitas e muitas e muitas pessoas, tomavam tudo, torturavam e tomavam as mulheres, além de ter se casado com uma menina de 9 anos, filha de seu irmão adotivo (o que não podia, mas ele passava por cima das próprias regras para satisfazer seus próprios caprichos).

Eles realmente entram nos países, se mudam como refugiados e vão a frente querendo tomar tudo o que tiver, mas não se engane, pois estão apenas querendo uma vida fácil (Veja este vídeo onde é claro). Não, eles não estão nem aí para ninguém, não respeitam nada. O que aconteceu no domingo (12), em Orlando não foi um caso de homofobia, por exemplo. O homem que fez o atentado terrorista, pensou também em cometer a barbárie num parque da Disney o que demonstra que ele só queria exaltar no que mais acreditava e idolatrava (Alcorão), mas não se engane achando que é só isso.

Agora sim, você entenderá, basta olhar não apenas para esses atentados, mas para a Alemanha se afundando a cada vez com a ajuda da esquerda. Veja o vídeo sobre isso e você entenderá! O politicamente correto ajuda tanto os muçulmanos, junto com a esquerda, pois depois de ataques assim (a esquerda) ainda não vão deixar de respeitar, os muçulmanos, mas garantir mais direitos a eles distorcendo e relativizando tudo.

E quando eles estiverem num país e a lei daquele país der regalias a eles por causa do respeito e a fé que precisa ser respeitada, assim como a mídia não mostrar a realidade, e o discurso de que o Islamismo é uma religião de paz continuar, além de todo mundo ter que respeitar os muçulmanos aderindo ao que diz respeito a eles, vamos entregando de bandeja tudo a eles. Não, não são os muçulmanos quem tem que respeitar num país estrangeiro de outra cultura, o lugar e as pessoas, mas as pessoas deste é quem deve mudar por causa dele (aff!).

Mulheres ocidentais, europeias, etc. cubram-se mais, daqui a pouco permitem só os olhos de fora, em respeito aos imigrantes muçulmanos. Não comam carne de porco nas vistas deles e se eles andarem nas ruas mandando o Estado de seu país ir para o inferno como fizeram em Loton, no Reino Unido, defendendo num protesto a esposa presa de um homem terrorista, é só a fé deles! O politicamente correto os ajuda, pois faz com que todos recuem e dê cada vez mais espaço aos muçulmanos no que diz respeito a eles.

Mas não há espaço para a cultura ocidental conviver lado a lado com a cultura do Islã. E a esquerda ajudando-os fica ainda mais fácil o objetivo final deles. Nesse vídeo em Loton, é muito claro que eles acreditam que o mundo precisa do Islamismo, e que o mundo está falido, o sistema e o capitalismo. Eles acreditam que só quem pode ajudar é o Islamismo, ou melhor a Sharia que é o conjunto de leis inspirados no Alcorão e claro, por meio da jihad que é o esforço, utilizado para disseminar a fé.

Como fazem? Bill Warner, meu professor, disse que há três tipos de jihad que é a jihad do dinheiro, do discurso e escrita. Assista o vídeo para entender melhor isso. No final das contas o Islamismo que criou o muçulmano é tão falido como qualquer socialismo, comunismo, etc. em questão de salvar um país, o mundo. Não é preciso muito para ver o quanto o Islamismo é falido! Ainda sim, a esquerda apoia!

No fim das contas desse meu dia pude ver que os muçulmanos usam a jihad e com suas distrações conseguem tomar o seu lugar, para com o seu objetivo final amordaçar a todos e mandar todo mundo para o inferno a não ser que, claro, aceite a fé islâmica. Mas claro, como eu disse o Islamismo é falido e não faz ninguém feliz, não traz paz e de longe abrange o que Deus quer. Como eu sei disso? Daqui vem a solução, sim o Cristianismo é o único capaz de deter ideologicamente o Islamismo. Jesus disse algo muito interessante em João 14, deixarei alguns versículos na íntegra:

Jesus disse: 'Eu sou o Caminho, a Verdade e também a Vida. Ninguém chega ao Pai sem mim. Se vocês me conhecessem de fato, conheceriam o Pai também. De agora em diante, vocês o conhecem, porque já o viram! (em Jesus)'. Filipe implorou: 'Senhor, mostra-nos o Pai; então, ficaremos contentes!'. 'Vocês me acompanham todo esse tempo e ainda não entendem? Ver a mim é ver o Pai. Então, como podem perguntar: 'Onde está o Pai?'. Vocês não acreditam que estou no Pai e que o Pai está em mim? As palavras que digo não são simples palavras. Não as digo por conta própria. O Pai, que vive em mim, transforma cada palavra num ato divino. 'Creiam em mim: estou no Pai, e o Pai está em mim. Se não conseguem crer nisso, creiam no que veem — minhas obras (o resultado da verdade é visto nas obras). Quem confia em mim fará não apenas as coisas que faço, mas poderá até mesmo fazer coisas maiores, porque eu, em meu caminho para o Pai, dou a vocês o privilégio de fazer a mesma obra que tenho realizado. Podem contar com isso. De agora em diante, tudo que pedirem, em conformidade com o que eu sou e faço, vou conceder a vocês. É deste modo que o Pai (Deus) será visto: pelo que ele é no Filho. É isso que quero dizer. Seja o que for que pedirem, se for desse modo, vou fazer por vocês'. João 14:6-14 (versão A Mensagem)

É simples, Allah é Deus. Mas é realmente o Allah dos muçulmanos o Deus real, de Abraão? Uma coisa é certa, não há argumentos contra a verdade, por isso é preciso persegui-la! Jesus disse que ninguém chega ao Pai sem ele, ele é o caminho que nos leva a Deus. Portanto não existe outro caminho, nenhuma religião ou qualquer outra coisa faz o que Jesus faz. Jesus é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda criação (Colossenses 1:15).

Ainda Jesus disse aos seus discípulos que se eles não tinham fé que Jesus é o Filho de Deus, então deviam crer no que estavam vendo que era todas as obras descritas e não descritas na Bíblia, que Jesus fez ao lado deles (leia os Evangelhos e verá as obras também). Portanto quem conhece a Deus, sabe que Jesus é o Filho de Deus. Jesus deixa isso claro em João 14:7 e 14:9 ("Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai" / "quem me vê a mim vê o Pai" versão acf) sendo assim, o Cristianismo exclui completamente a figura de Maomé e qualquer outro caminho que leva o mundo a Deus e assim salva sucessivamente o mundo.

Se você realmente conhece a Deus e se relaciona com ele, sabe que Jesus é o Filho de Deus. Quem está cheio da natureza de Deus e intimidade, confessa Jesus como Filho de Deus. Foi assim que Pedro fez em Mateus 16. Assim também como diz em João 1, antes da criação do mundo Jesus estava com Deus, ele é o primeiro, o Primogênito de toda criação, o Verbo que se fez carne. Ele é o início e o fim (Apocalipse 22:13).

No vídeo em Loton que deixei acima o muçulmano diz que o Islamismo é a salvação para o mundo, como um sistema. As pessoas precisam ver que o problema não é externo, não é o sistema, nem o Estado. Quando entenderem que o problema é o ser humano vão chegar a uma conclusão, o ser humano só conseguirá resolver todos os problemas se voltar a Jesus, pois ele sim é a salvação para o mundo (pessoas, descrito em João 3:16):

Quando olhamos para o Filho, vemos o Deus invisível. Olhamos para o Filho e vemos o propósito original de Deus em toda a criação. Pois tudo, absolutamente tudo, acima e abaixo, visível e invisível e todas as a hierarquias dos anjos — tudo começou nele e nele encontra, propósito. Ele estava lá antes que tudo viesse à existência e ele tudo mantém até o presente momento. E, no que diz respeito à igreja, ele a organiza e mantém unida, assim como a cabeça dirige o corpo. Ele foi supremo no princípio e, abrindo a vitória da ressurreição, será supremo no fim. Do princípio ao fim ele está lá, elevado acima de tudo e de todos. Ele é tão sublime que tudo que é de Deus encontra um lugar apropriado nele, sem nenhum conflito. Além disso, todas as peças quebradas e deslocadas do Universo — pessoas e coisas, animais e átomos — estão agora consertadas em vibrante harmonia, tudo por causa de sua morte, de seu sangue derramado na cruz. Colossenses 1:15-20 (versão A Mensagem)

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16

Como disse Paul Joseph Watson, youtuber, que nós precisamos controlar o Islamismo, não portões! A luta é também ideológica, e não excluo portões que os impeçam com suas barbaridades.  Por fim, termine esse post como eu, ouvindo algo que me eleve sobre as ondas e ainda me faz olhar nos olhos de Jesus.

Tecnologia do Blogger.