Com a Rafaela Silva foi possível ver o quanto o Brasil pode ser rico

E não falo de riqueza em notas altas no bolso, ou expressas em bens materiais, muito menos no TRILHÃO recolhido em impostos capaz de construir uma Dubai por ano no Brasil se o povo fosse mais inteligentes para eleger governadores capacitados para tamanho feito, porque dinheiro temos. Falo sobre mantermos a escolha no que realmente transforma-nos em ricos intelectualmente, espiritualmente, emocionalmente e culturalmente. Falo do que começa dentro de cada ser humano que compõe esse país.

O Brasil é rico em algumas esferas, mas pobre muitas vezes quando se trata de educação, cultura, saúde, segurança. Devíamos ser ricos no que consta humanidade, voltados sim em valores que estão acima do nosso passageiro tempo como indivíduos sujeitos a má influências e engano. Mas ainda sim é possível mudar, e se conhecêssemos tudo o que podemos fazer, como gostaria de mostrar Olavo de Carvalho, ah, como o Brasil se elevaria até mesmo como potência.

O Brasil não é pobre. Sua gente mestiça sabe lidar com diferenças, ainda que haja dificuldades. O Brasil é capaz de feitos incríveis, ainda mais se a igreja brasileira se levantar em mostrar isso!

Seria diferente ainda se nossa cultura não fosse regada por tantas coisas passageiras, e o completo vazio, irracional, sem talento, muitas vezes imorais, cheios de  marxismo dominassem a cabeça de muitos! Seria diferente se o que vende rápido é o que grava caísse, no que diz respeito ao gosto, para o que não é moda, mas clássico e eleva essa humanidade para o que realmente diz sobre beleza e expressa a profundidade de uma arte. Seria diferente se não houvesse Paulo Freire na educação. Seria diferente se nossos policiais não fossem demonizados. Seria diferente se nossos governos não refletissem a corrupção moral existente numa nação conhecida pelo jeitinho, descompromissada. Seria diferente por reformas que começam dentro de você, na sua família, na sua rua, no seu bairro, cidade, estado e país.

Esta reforma que assim libera o que falta e, é a verdade, contida apenas em Jesus Cristo como todo. Assim lembro-me de Martinho Lutero, do conservadorismo, e do cristianismo que eleva a humanidade do seu verdadeiro valor. Seria diferente se não deixássemos iludir pelas pequenezas, para assim discutir o verdadeiro problema na saúde, na educação, no saneamento básico, na segurança, na corrupção moral, nas ideologias comunistas e marxistas, gramsciniana que nunca deram certo, conhecendo Ludwig von Mises que refutou. Este é um país cristão, que tem um Deus real, portanto este precisa ser lembrado em todos os nossos meios.

Hoje conseguimos uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos no Rio. Hoje (08/08/16), no judô, a sargento Rafaela Silva da Marinha conquistou uma medalha de ouro e nos trouxe muito orgulho! Ter referências como a de Rafaela, dando-nos uma verdadeira esperança sobre uma atleta e militar competente, nos eleva sim. Infelizmente ela preferiu não repetir o costume de outros atletas militares de fazer continência enquanto a bandeira brasileira foi hasteada na premiação, por medo de ser punida com uma possível perda da medalha.

Punir um atleta e militar de fazer continência diante de da bandeira de seu país sendo hasteada é um total absurdo, significativo em questão de tamanha pobreza ilógica que desmantela a própria nação. Acrescentando do que também ela disse a imprensa: "É que tem regra que muda bastante. Antes no judô eu nem podia fazer o sinal da cruz. Para não correr o risco de perder a medalha, mantive a mão no lugar", lembrando de que esta é uma nação cristã, então porque punir alguém diante de uma democracia em sua nação de maioria cristã, quando este exalta o que há de melhor para todos nós?

Rafaela Silva é uma inspiração do que podemos sim ter de riqueza por sua capacidade e vitória mesmo depois de duras crísticas, depois de sua perda em 2012. O Brasil pode ir em frente, ainda que tenha de enfrentar crises, mas se começarmos pela principal crise dentro de nós, então venceremos. O Brasil precisa ser feito de brasileiros de atitude que tem o respeito acima de qualquer diferença e classe. Ele precisa de pessoas que veem em Deus também uma base para tudo. Ele precisa de pessoas de atitude, que são estruturadas, não doutrinadas, nem alienadas. Ele precisa de pessoas que dão duro na vida, sem requerer ao vitimismo ou privilégios alguma coisa. Ele precisa demonstrar essa força, como Rafaela Silva, entre outros de nossos atletas tem nos demonstrado também.
Tecnologia do Blogger.