Deus é o nosso Pai de amor, não um garçom

A gente não tem um garçom no céu, mas a gente tem um Abba e isso é muito maior por que começa nele e termina em nós. Ele é o centro, e nós o adoramos, por quem ele é. Em toda a sua plenitude, não consigo compreendê-lo por inteiro, mas em tudo o que posso me transborda, e faz-me ver o seu grande amor, de um Pai que dá seu Filho, para que o mundo inteiro possa ser adotado e herdeiro com Cristo. Pedir mais o quê? Eu tenho um Pai no céu que jamais será ausente.
Tecnologia do Blogger.