Ela disse que eu preciso ser a mulher que eu sou, não imitar os outros

Uma boa amiga que realmente quisesse me fazer bem não precisaria me dizer que eu preciso me portar, ou agir simplesmente segundo a tudo o que vier a minha mente, por que provavelmente os meus próprios caminhos me levariam a uma vida de desgosto. Sou humana.

A vida real é feita de pessoas reais que tem limites. E quando essas pessoas ultrapassam seus limites o mundo toma os rumos que tem hoje, por exemplo. Sei muito bem o que aconteceria comigo se eu ultrapasse os limites que sei que poderia agradar o meu coração, mas no fim das contas não me fariam bem.

O que ser então? Como agir? Eu posso ser eu mesma, e devo, mas se quero atingir essa parte da vida de contentamento, alegria e espontaneidade onde eu sou alguém que me orgulharia, então que eu seja como Jesus Cristo é.

Que eu jamais pense que vestir um belo vestido vale mais do que vestir caráter.

Que eu jamais imagine que os conselhos dos outros são mais valiosos dos pensamentos de Deus para mim.

Que eu não me prive de conhecer a plenitude que enche o meu peito, fazendo com que independente de eu ter algo ou não sou, preenchida, a ponto de não ter que apelar para deturpar os meu exterior acima dos meus limites a fim de achar a alegria. Por que ser como Jesus é o mesmo que abraçar o amor!
Tecnologia do Blogger.