A alegria de Jesus é real

A alegria em saber que Jesus veio de Nazaré, uma cidade escura, cheia de becos e guetos, ainda me traz esperança de que o Evangelho é genuíno. Um rico que abriu mão de suas riquezas e influência, preferiu ser luz às trevas, esperança ao caos, voz para os mudos e ouvidos para os surdos. Um Mestre que disse que o maior é o menor, um Senhor que servia os seus seguidores. Não julgava os perdidos, porém, mostrava a Vida!

Para as minhas loucuras internas, Jesus continua sendo a razão eterna. Atravessar este mundo, com a sua Vida dentro de mim, é a maior riqueza! Não coloco essa riqueza dentro de bolsas vazias, fabricadas na indústria da vaidade. Os seus olhos têm sido a Luz do meu Caminho estreito!

Thiago Baeta Corrêa
Tecnologia do Blogger.