Esse mundo é passageiro e triste

As coisas desse mundo já não fazem mais sentido, Abba. Eu não quero ser como a graça desse século mostra, por que é passageiro e ela está ficando dia após dia mais insignificante para o anseio que carrego aqui dentro. Se eu busco satisfazer meu anseio com o mundo um frio me vem, entristeço-me e nada acontece de fato a não ser eu ficar ainda mais carente e quebrada. Eu quero ser como o Senhor é, quero ser santa. Eu quero a pureza do Senhor nos meus pensamentos. Eu não quero depender desse mundo, nem me preencher dele, mas eu quero que o céu venha e invada meu ser. Pode vir Abba, até nos meus sonhos.
Tecnologia do Blogger.