Não entregue-se as suas próprias paixões

Não siga suas próprias paixões, essas puramente naturais humanas que são completamente opostas a Deus. Paixões vazias de quem Deus é, que podem ser como fogo, que quanto mais alimentada mais crescem e são capazes de destruir tudo o que quiser impedi-la. O que Deus tem para nós é o amor, e esse amor é um amor que nos redime inclusive dessas paixões. Uma vez que nos entregamos a essa amor, vivemos nele, e a vida passa a ser mais do que todos os vazios insaciáveis preenchidos pelo passageiro imoral dessa vida.

A vida acaba quando nos entregamos a essas paixões, mas a vida eterna começa quando nos entregamos ao amor de Deus. É Deus o tempo todo em nós, no nosso coração, na nossa mente, no nosso modo de viver, dando-nos uma nova cultura, novas atitudes, tudo baseado em seu amor e seu caráter, tudo de acordo como um Pai sonha em dar uma boa vida para seu filho levando em conta quem ele é.

Ele sim nos preenche com algo que dura eternamente - ele mesmo, o próprio amor. Não tem como se entregar a Deus e não manter suas palavras em nossa mente o tempo todo, não tem como dizer que se entregou a ele e não cultivá-lo num relacionamento real. Entregue um coração redimido a Deus e deixe-o cuidar do que você não pode, pois ele é o Autor da vida. Deus é amor.

Portanto, amados, sabendo disso, guardem-se para que não sejam levados pelo erro dos que não têm princípios morais, nem percam a sua firmeza e caiam. Cresçam, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, agora e para sempre! Amém. 
- 2 Pedro 3:17-18
Tecnologia do Blogger.