Quem é você?

Já percebeu que quanto mais as pessoas prestam atenção nas grandes mídias, ou em certos grandes artistas, elas se veem igual, falam igual e se portam com o mesmo pensamento? De repente surgem muitos homens barbados, moças de vestido e calçado de tênis branco, partidários, aos montes falando "lacrou", por exemplo? É claro que não se remete até aí, e isso não é novidade. Todo mundo pode se portar como quiser, porém é muito importante prestar atenção nisso aqui: por que as pessoas estão assistindo tanto a maquiagem, o filtro, e o que querem enfiar por goela abaixo nas grandes mídias e no monopólio da cultura Pop para serem influenciados por isso?

Por que as pessoas, em pleno 2017, não estão assistindo menos a televisão, para viver uma vida mais abrangente, com conhecimento da verdade e ser elas mesmas? Por que tantas pessoas não são mais autênticas, e agora se vestem da mesma forma, falam da mesma forma, querem ter um feed de Instagram igual ao de alguma famosa? Por causa de tanta coisa vazia nisso tudo, e obscenidades em todas essas mídias, são presas numa solidão.

Cada pessoa que vive nesse planeta agora é tão única! Ninguém jamais será igual um ao outro, e olha que estamos falando sobre mais de sete bilhões de pessoas. A televisão, a grande mídia, e muitos artistas por aí NÃO precisam ser seguidos como uma referência de ser, por que cada um é único, e se precisa imitar alguma coisa de alguém é princípio, valores, simplicidade, caridade com amor. Isso não é coisa que se pega de um feed de Instagram, mas é algo que é demonstrado com atitudes no dia a dia.

Eles estão lá para fazer arte, e ainda são humanos falhos - ainda que hoje nem arte mais pode se chamar o trabalho de alguns. É preciso questionar por que perdeu-se a autenticidade, quando se senta em frente a um sistema de transmissão de imagem, um objeto frio com wifi, e deixar com que isso pense por você, e diga o que você tem que fazer. Sem a grande mídia, sem o seus filtros, as tendências, esses artistas-ídolos, e a imoralidade que se tornou a cultura pop, quem é você?

O que existe de fato, dentro de você, que seja autêntico? A verdade inspira, ela é mais que válida, e um dia a pregaram numa cruz. Você foi criado para um propósito, para algo maior, e isso não é sobre dinheiro, ou coisas, mas sobre quem que te fez com amor, e quer te dar a plenitude em toda a verdade.
Tecnologia do Blogger.