Não é cool ser bagunçado

Uma das coisas que eu observo com Jesus é que não consigo me conformar com as bagunças dentro de mim e ainda fingir que sou cool. Fingir deve ser a palavra, até por que não importa se todo mundo não persegue a verdade; a verdade sempre será a verdade. Isto quer dizer que não é bom ser bagunçado. Não interessa se aos olhos dos outros parece legal, importa é o que há dentro de mim, importa mesmo é se eu estou bem ou não.

É idiota deixar ser levado por qualquer vento de ideologias. Isso só demonstra o quanto eu seria vazia a ponto de qualquer coisa levar-me. Meu coração importa muito, e ele precisa ser saudável tanto fisicamente como emocionalmente. Eu não sou um brinquedo, não sou um objeto, mas sou humana. Se eu viver bagunçada e levar a vida desse jeito no fim das contas as coisas vão acabar muito mal para mim. A vida já não fará mais sentido, a vontade de viver deixará de existir, vou ser infeliz, vou ser destroçada de dentro pra fora.

Onde está a graça nisso? É lógico que não há nenhuma graça. Deus nos formou segundo sua imagem e semelhança, aí está o brilho da vida: ser imagem e semelhança de Deus, não cool ser bagunçado por Deus. Não é legal, nunca vai ser fugir daquilo que eu sei que posso e fui criada para ser em Deus. Isso é maior do que ser bagunçada por dentro. Não consigo me contentar com solidão, com pecados, com superficialidades. Não dá para ser alguém que vive por aquilo que outros desejam e ainda é tão idiota, ilógico.

Estar de acordo com a cultura do século para mim é inaceitável. Eu não preciso disso, de verdade. Por que eu descobri alguém que me ama de verdade e enche o meu coração, desde uma noite fria e escura a um dia cheio de sol e cores. Ele preenche o meu ser e me faz entender a graça da vida, restaura em mim a imagem e semelhança dele que antes era tão deturpada por minha causa e por causa das falhas que regem o mundo. Descubro que Jesus é o príncipe da paz, e ele me dá toda a paz que está além do entendimento das pessoas. Por que Deus ama-me muito, ele é o meu pai que resgata-me do mais profundo poço de todas as bagunças.
Tecnologia do Blogger.