Sofrimentos, às vezes, são chaves para nos levar a santidade

A santificação vale qualquer dor na Terra. Mas se isso não parece óbvio, provavelmente, é porque não abominamos o pecado e não apreciamos a santidade como deveríamos. Muitas vezes o cristão sofre porque Deus está refinando a santidade do seu povo. Existe sabedoria por trás da aparente arbitrariedade do mundo, mas ela está escondida do homem.

Vemos por espelho em enigma, mesmo a partir de uma perspectiva do Novo Testamento (1Co 13.12). Mas a fé sempre afirma que não importa o quão caóticas e absurdas as coisas possam parecer para a nossa visão limitada, elas são, na verdade, táticas de sabedoria divina infinita. Por um lado, não há nenhuma realidade maior do que Deus, com a qual podemos julgar as ações de Deus. Mas, por outro lado, quando dizemos a frase: “Deus é bom e sempre faz o que é certo”, Ele quer que isso tenha um significado maior do que simplesmente: “Deus é Deus”. Ele quer que vejamos que Seu poder não é utilizado de forma caprichosa, arbitrária e irracional. Antes, quer que vejamos que o Seu poder é usado com propósito e para o bem.

Renata e Bruno Arruda


Tecnologia do Blogger.