Jesus nós te amamos

Quando a gente ama Jesus, a vida não é mais sobre nós mesmos. Não tem essa coisa de pensar só em si mesmo, e ficar fazendo Jesus fazer um tanto de coisa para a gente, segundo os nossos interesses.

De tanto andar com ele, buscar conhecê-lo, ouvir suas palavras e entender quão previlégio é ter o Filho de Deus como amigo pessoal, além de Salvador, a gente não quer mais nada nem mesmo esse mundo. Se vamos fazer escolhas primeiro perguntamos para ele. Se queremos nos relacionar intimamente com alguém, primeiro vemos se essa pessoa nos lembra Jesus, por que só em Jesus existe vida, essa que nos preenche e tudo fora dele não tem graça.

A gente quer falar dele para todo mundo, desde os que o conhecem como nós, assim como os que nunca ouviu falar dele. A gente não dá mais valor para coisas que antes primordiais, e se passamos por alguma necessidade, alguma coisa difícil, colocamos nossa esperança em Jesus o que nos faz ter paz e alegria por que sabemos que ele é maior que qualquer coisa. Jesus nos cura, nos liberta, e nos faz novos para viver na plenitude de amor com ele, onde nada mais nos separa por que fomos comprados pelo sangue dele. Agora pertencemos ao reino de Deus.

As coisas se descomplicam, afinal Jesus é simples e humilde de coração. E não basta ficar falando, ou forçando coisas. Nunca foi sobre a gente, mas é tudo sobre Jesus. É viver com ele. É a cada vez mais ter sensibilidade com ele, e deixar nosso eu o mais morto possível, para ser sempre disponível para Jesus.

Se nós amamos Jesus, nada mais é como quando vivíamos sem ele: escravos das nossas próprias paixões, maus, sofridos, egoístas. Quando amamos Jesus nossa esperança não está em nada desse mundo, sabemos que ele é passageiro, mas esperamos pelo porvir! Por isso não seremos abalados, por que Jesus venceu esse mundo, e nos diz para ter ânimo, paz! Primeiro o ouvimos, e depois realizamos, por que tudo o que fazemos é em nome dele.

Nosso coração está protegido nele, e não amamos nada mais do que ele. Jesus é senhor, e reina para sempre. Ele pode ter tudo de nós, e podemos nos alegrar até quando nos perseguirem por causa do nome dele.  Não vivemos mais para nós mesmos, mas somente para Jesus por que o amamos. Sozinhos, sempre inclinamos ao vazio. Mas permanecendo em Jesus, somos plenos e queremos fazer o coração dele feliz.
Tecnologia do Blogger.