Aqueles dias quando tudo o que te cerca é uma carência enorme, e um vazio gigante

Encontrei-me em crise esses dias com o coração apertado, numa vontade maluca de Deus. De namorá-lo, agarra-lo comigo o tempo todo e me transbordar dele. Mas parecia que havia algo de errado. Meu coração ficava apertado uma hora, e na outra eu me encontrava orando conversando Jesus e ficando mais com ele. A verdade é que eu estava muito carente de Deus, com uma fome maluca dele, e eu precisava me saciar intensamente.

Na medida que meu coração ia se apertando mais, eu ia tentando encontrar Jesus. Minha imaginação ia longe para tentar imaginar o que estava acontecendo comigo. E eu já estava desesperada, tentando ficar mais perto de Jesus. E sabe de uma coisa? O poder de Deus se aperfeiçoa na nossa fraqueza (2 Co 12:9). Pois foi nesse dia que percebi que esse Deus a quem tanto amo já se movia por mim. E que ele já estava agindo em favor de mim. Porque ele é maior que eu, e ele tem compaixão dessa falha pequenina que sou.

Então decidida, num culto, eu fui preenchida por Jesus. Ele veio me tocar de uma forma que meu coração não aguentou e o nome dele era tudo. Jesus veio de um jeito, que minhas lágrimas não se aquietaram, meu coração se encheu. E o toque dele foi tudo. Quando Jesus te tocar de verdade nada mais será a mesma coisa. É como se ele te refizesse, ao te quebrar como um vaso de barro. Você não fica vazio, mas completamente cheio dele. Jesus pode escrever a sua história de novo. E ele pode preencher todo o seu vazio. Por que Jesus é tudo o que você precisa, e antes de qualquer coisa ele te amou primeiro.

14/11/15
Tecnologia do Blogger.