Experimente nascer de novo

Nascer de novo não é apenas uma demonstração de fé, mas de amor a Jesus. É tornar público a decisão de morrer e viver com ele. Jesus fala sobre o batismo, e isso é sobre viver com ele. Todos os dias é necessário tomar uma decisão pessoal sobre o quê e como viver. Se estamos decidindo viver por Jesus então certamente estamos decidindo viver com ele e morrer com ele. Antes dele a vida era uma - provavelmente escrava do pecado e das paixões humanas - porém com Jesus tudo se fez novo; aí o poder do que Jesus fez na cruz.

Essas coisas - pecados - foram ficando para trás dia após dia, e o nosso alvo foi tornando-se apenas Jesus. Se o erramos alguma hora, ainda podemos nos levantar e recomeçar de onde paramos. Eu sei que o que mais precisamos é nascer de novo por que fazemos a vida não dar certo nas nossas muitas falhas e decepções com o resto do mundo. Jesus fez uma proposta de vida, e isso inclui morrer por ele. Isso significa que agora a vida é de Cristo, e que tudo é sobre ele.

É um ato onde nós morremos com Cristo e ressuscitamos com ele! É viver de acordo com a vontade de Deus e se identificar como parte do corpo de Cristo numa decisão de obediência e submissão. Desse modo a decisão que fica é que morremos para uma velha vida - vida de pecado - e agora vivemos para Cristo, dependentes dele, unidos com ele. O que tem poder sobre nós agora é Jesus. É exatamente viver, simplesmente viver com Jesus.

Não adianta forçar uma religiosidade em frente a Jesus, e se imaginar como algo que não somos. Jesus sabe muito bem quem somos. Viver com ele não é fingir o que a gente pensa ser certo, mas é realmente tê-lo na frente dos olhos, no coração e na mente. Nada mais pode nos separar do amor de Deus, por meio de Jesus. É uma vida de verdade entregue e submetida a ele. É uma ação maravilhosa, de conversão, fé e amor a Deus. Entregar-se a ele hoje é permitir com que Deus seja Senhor da nossa vida.
Tecnologia do Blogger.