Sobre ser mais uma cristã normal e "zoada"

Tão normal e tão "zoada" que a necessidade de Deus é real. Ser cristão é uma identificação para com Cristo, onde todos os dias busco crucificar minhas paixões puramente egoístas e falhas, para que Cristo seja tudo em mim. É óbvio que toda a graça e bondade não está em mim, por isso preciso tanto de Deus, e ele é misericordioso o suficiente para me dar seu próprio Filho.

Em Jesus está toda a graça, todo amor e bondade. Sabe a plenitude que a alma anseia? Só em Jesus consegui encontrar nele. Se deparo-me com minhas falhas outra vez, ou mesmo se erro em algo tão pequeno, encontro em Jesus o que eu preciso no instante seguinte. A vida pode ser um verdadeiro drama, ou simplesmente podemos fazer menos drama e entregar tudo para Jesus. Por que daí a graça vai estar em viver por ele, sobre ele.

A partir daí eu vou estar disponível para um vida onde eu vivo para agradar o coração de Jesus com todo o meu amor. Não é legal ficar olhando para o fracasso pessoal, para o que eu devia ter feito e não fiz, e cair numa constante comiseração. O legal é tomar uma decisão de corresponder o coração de alguém maior que si mesmo e este é Jesus. Quando a gente passa a viver sobre Jesus todo o resto é resolvido, por que só Jesus pode fazer por cada um de nós o que não conseguimos fazer.

Aproximar-se dele por desejos egoístas não funciona, mas é reconhecendo que a nossa vida já era, e que há uma vida de corresponder amor com o Filho de Deus - ele vai nos reconectando a Deus - é realmente o que precisamos. O resto é consequência, assim como se desconectados de Deus a consequência é uma escravidão de si mesmo. Viver sobre Jesus é diferente, viver conectado com Deus através de Seu Filho - o único Caminho que pode nos levar de volta a Deus - é um presente de Deus para o que realmente interessa.
Tecnologia do Blogger.