Eu posso levantar as minhas mãos e me render a Deus

Quando eu estiver rendida ao meu Pai vou soltar aquele suspiro que é como que um peso enorme sai das minhas costas. Não importa onde eu estiver, se no meio da cidade num metrô ou trancada no meu quarto. O Senhor me alcança onde eu estiver por que o amor dele é grande demais e não há limites para Deus. Hoje de manhã fiquei pensando no que uma mãe é capaz de fazer para resgatar seu pequeno filho, e então lembrei do que Deus fez para me resgatar.

Foi completamente através de Jesus, e as pessoas que se importam com Deus, que são amigas do Senhor e sempre me impulsiona para enxergar a verdade. É aí que eu posso aceitar todas as correções, os bons conselhos, e a mensagem de amor do Pai. Por que eu posso me arrepender das minhas falhas todos os dias, e correr para entregar o meu coração a Deus. Eu posso orar, e adorar, e pensar no Senhor. Eu posso trazer a memória as coisas que ele me disse, e dar espaço a ele em tudo na minha vida.

E se nada disso for suficiente eu posso continuar insistindo em perseguir ao Senhor e me render. Não é por que um peso enorme sai das minhas costas, e a minha natureza falha para de me controlar quando eu me rendo a Deus. É por que eu realmente permaneço com o Senhor e isso não tem preço. É tudo o que eu mais preciso. É ter uma vida sincera de amor com Deus. E como Jesus um coração simples e humilde que deposita todas as suas energias em depender do Senhor. Nada se compara a Deus, nada que possa tentar me afastar dele vale a pena. Meu Deus é amor, ele me adotou, e agora eu tenho um Pai.
Tecnologia do Blogger.