Na sexta-feira um ladrão, no domingo um Rei

O final de semana de crucificação parecia ser vitória para uns - aqueles que queriam matar Jesus - e derrota para outros - aqueles que seguiam a Jesus. Na sexta-feira, Jesus foi crucificado como um ladrão. Seus seguidores e discípulos foram dispersos por um final de semana. Alguns deles precisavam de paz, talvez se sentiam frustrados e derrotados, pois o Salvador, o Filho de Deus, tinha sido morto numa cruz. Porém, Jesus, estava apenas cumprindo o seu papel.

Ele estava exatamente onde devia estar, fazendo aquilo que Deus Pai o designou para fazer no mundo. O que para muitos parecia vitória com Jesus na sexta-feira sendo morto como um ladrão, na verdade ele estava sendo levantado com a redenção pelos nossos pecados e no domingo ressucitou como um Rei. Seu nome, por obediência suprema a Deus, foi levantado sobre todo nome.

Seus seguidores e discípulos que dispersos por aquele final de semana foram resgatados por ele. Jesus não deixou ninguém se perder, as mulheres que o acampanhavam, davam-lhe suporte e eram suas amigas, foram portadoras da maravilhosa notícia que ele vive! Esse pode ser um final de semana controverso, pois é a vontade de Deus que vencerá eternamente.

É essa vontade, que é totalmente amor, que determinará o que sucederá conosco. Porém precisamos abraçá-la, e crer. Assim como os discípulos e seguidores de Jesus precisavam crer! Jesus vivo está, ele venceu a morte. Ele reina! Ele é a Luz do mundo, o Pão vivo que desceu do céu! Rei da Glória, Maravilhoso, Conselheiro, Deus forte, Pai da Eternidade, Principe da Paz! Abrace Jesus, fique com ele. Ele venceu a morte, e ele não desiste dos seus. É o próprio Filho de Deus que vivo está e nos ama muito!
Tecnologia do Blogger.