É preciso ser um indíviduo para lutar pelo próximo

Não tem como lutar de forma sincera pelo próximo - ou minorias, coletivos, etc - se não formos individuais em primeiro lugar. Por que se não somos individuais, somos coletivos que não pensam pelas suas próprias cabeças, mas lutam uma luta manipulado por outro alguém. O que faz um indivíduo lutar pelo próximo? Isso é um senso de justiça, de amor. A Bíblia diz que sem amos nada vale. Se eu luto uma luta sem amor, luto uma luta vazia.

Se a minha intenção é controlar pessoas, grupos, etc, para um objetivo coletivo - que se coloca acima do indíviduo, portanto um ato sem amor e falso de piedade e caridade - então não faço algo por espontanea vontade. Somente como um indíviduo somos capazes de amar, e expressar para o próximo seu verdadeiro valor lutando por ele sem querer nada em troca. É preciso ser um indíviduo para lutar pelo próximo, por que ser individual é ser alguém que por sua própria escolha, e conjunto de valores, princípios, e ideias, podem por si só escolher se doar por uma causa.

“A menor minoria na Terra é o indivíduo. Aqueles que negam os direitos individuais não podem se dizer defensores das minorias” - Ayn Rand
Tecnologia do Blogger.