O que o calor pode ser.


Por diversas vezes na Bíblia, vemos que Deus se manifesta pelo fogo. Foi assim na sarça ardente, onde Moisés teve a oportunidade de ouvir a Deus e entender o seu chamado. Imputando essa passagem na nossa vida, muitas vezes Deus faz arder em nós aquele desejo de ir além, de anunciar Sua Palavra, de pregar, de ensinar o que nós aprendemos outrora, de influenciar pessoas para o Reino, e ainda assim nos negamos, pois o medo fala mais alto. É evidente que Moisés teve medo, e não é difícil pensar, pois ele estava diante de um arbusto em chamas, onde o fogo não a consumia, ouvindo uma voz que nunca tinha ouvido, e presenciando um fato que jamais tinha presenciado. Assim somos nós quando nos encontramos com Deus não apenas na primeira vez, como possivelmente na segunda, terceira, quarta, e assim sucessivamente. O que arde em nosso coração, muitas vezes, não é apenas o desejo de adora-Lo, mas o recado de Deus em nós que aquilo que nós estamos sentindo, outros precisam sentir, e que através de nós isso se tornaria realidade. 

Deus realiza propósitos e estabelece missões diferentes para pessoas diferentes, mas todos com a mesma finalidade: que Seu Reino cresça e Seu Nome se faça cada vez mais conhecido. E saber e entender que isso é possível através de nós, é gratificante ao extremo, pois somos participadores de uma divulgação eterna. Atender ao chamado de Deus é entender o que aquele calor como fogo queimando dentro do coração quer dizer, e é também aceitar esse chamado e cumpri-lo, superando os medos e os riscos. Todos nós temos uma vez na vida um encontro com Deus em uma sarça ardente, onde não somos consumidos pelo fogo, mas absorvidos por ele de forma que nossas vontades morram para que estabeleça a vontade dEle em nós. 
Tecnologia do Blogger.