Os abraços dados estão cada vez mais rápidos e secos, que amor é esse? por João Paulo

Trocamos as cartas, o olho a olho, os abraços e mesa, por WhatsApp, ligações, FaceTime e o mundo virtual.. resultado disso? A depressão se alarmando pelo o mundo..

Os abraços dados estão cada vez mais rápidos e secos, que amor é esse?
Nossos olhos se esquivam cada vez mais do olhar dos outros, que amor é esse?
O nosso sorriso para o outro está cada vez mais forçado, ele não carrega mais o “sorriso” dos olhos, que amor é esse?

Nos gabamos das várias redes de relacionamento que temos, porém são redes flácidas e finas, com fácil poder de destruição. Talvez criamos relacionamentos facilmente porque sabemos que facilmente podemos dizer “não” pra ela, através de uma simples mensagem virtual..

Escrevemos um “eu te amo” facilmente e sem pensar, e quando encontramos o receptor da mensagem nem um abraço direito damos, que amor é esse? Isso não é amor! Por favor!

Nas mesas de conversa&relacionamento facilmente e rapidamente nos deixamos levar pela a preocupação de olhar para a MALDITA tela do celular..

A maior forma de lutarmos contra a depressão é amando uns aos outros, não com mensagens virtuais vazias e rasas, mas com abraços, um olho a olho e uma boa mesa de conversa.

Não tem como o mundo se sentir amado por Jesus se o próprio corpo dEle não ama.

Você que é ministro do evangelho, se o seu abraço, olho a olho não carrega a mesma profundidade da sua pregação ou louvor eu não quero sua pregação. .
Uma breve e sucinta reflexão, acorde!

Tecnologia do Blogger.